Solidariedade a compa Felicity

mais informações em: http://solidaridadfelicity.wordpress.com/category/uncategorized/

Jornada de solidariedade, com a companheira anarquista em fuga Felicity Ann Ryder (tradução livre)

Com saudações fraternas abraçamos todos os corações anti-autoritárixs que lêem estas nossas palavras. À todxs que, a seu tempo e a seu modo, combatem com decisão e firmeza cada instituição e símbolo das engrenagens do capitalismo patriarcal, a opressão, a domesticação e a farsa do poder.

Companheirxs, fazemos este chamado de algum lugar desta realidade monstruosa para lançar nossos gritos sempre solidários à nossa irmã e companheira Felicity Ann Ryder, que se mantém foragida das garras do Estado há um pouco mais de sete meses. Na madrugada do dia 27 de Junho de 2012, ocorreu um episódio infeliz: um artefato explosivo detonou deixando ferido (e posteriormente preso por 6 meses) nosso companheiro Mário Lopez “Tripa”, que está agora sob liberdade condicional e ainda sob processo. Depois que as forças policiais do governo do Distrito Federal encontraram seu passaporte e diante do risco de ser também presa, nossa companheira Felicity iniciou sua fuga.

Além disto, sabemos que a perseguição a seus familiares em seu país de nascimento (Austrália) e nas assim chamadas redes sociais tem sido constante. No mais, é possível que se tenham aberto investigações em outros países tentando vinculá-la a diferentes núcleos de ação do anarquismo. Tudo isto é parte da montagem policial internacional para atacar a movimentação ácrata e assim impor o medo e o terror para tentar (sem e êxito) nos imobilizar.

Sabemos da difícil situação que deve estar passando durante todos estes meses Felicity. A clandestinidade, apesar de ser uma melhor opção do que as grades frias e cínicas de uma prisão, transforma-se também em uma forma de prisão por impedir de gozar de plena liberdade devido a constante ameaça de uma possível detenção. Esta situação trás consigo muitas dificuldades de movimentação para a manutenção de sua subsistência e luta; além do isolamento e afastamento de seres queridxs e o abandono dos planos e metas de vida. A clandestinidade como necessidade, e não como privilégio de alguma vanguarda autoritária, requer também nossa solidariedade, já que obrigar companheiros a estar em constante migração vai pouco a pouco minando a nossa tão aclamada liberdade. No mais, não se conta com o mesmo apoio material e emocional de uma pessoa na prisão.

Sabemos que em qualquer lugar onde se encontre nossa companheira Felicity, segue firme em suas convicções anarquistas ao se desviar dos inimigos. Logo, enviamos saudações calorosas e convocamos todxs a esforços anti-autoritários para realizar uma semana de atividades, saudações e gestos solidários à nossa companheira Felicity de 21 de Fevereiro à 7 de Março, cada qual ao seu tempo e forma para mostrar que ela não está só e que a solidariedade entre anarquistas de luta não é só palavra escrita ou um mero adorno em belos panfletos “revolucionários”.

Solidariedade para nós também é uma arma que destrói o poder.

Queremos lembrar também outros companheiros em fuga, como é o caso dos companheiros Hans Niemeyer, perseguido pelo Estado chileno, Giannis Mihailidis e DimitrisPolitis na Grécia. Saudações convictas a todos os companheiros anarquistas presos ou foragidos pelo mundo!

Jamais vencidxs, jamais arrependidxs!!!

Livre e selvagem. Felicity presente!!!

Não estás sozinha companheira, muitos assistimos tua luta e abraçamos tuas convicções!!!

Liberdade para todos os presos da guerra social!!!

Ps: Se desejar enviar informação sobre a atividade realizada, podem escrever para solidaridad_felicity@riseup.net. Também podem consultar a página www.solidaridadfelicity.wordpress.com.

Jornada de solidariedade à companheira anarquista em fuga Felicity Ann Ryder

Adicionar a favoritos link permanente.

Comentários estão encerrados.